sábado, 28 de maio de 2016

FAMÍLIA NA ESCOLA: PARCERIA FUNDAMENTAL

A proposta para essa ação  é Validar e Potencializar as relações entre as Instituições. Ambas  de suma  importância para o processo de desenvolvimento e Formação do humano. 

Nesses encontros  ocorrem vários desdobramentos significativos: 

A valorização da INFÂNCIA  e do brincar.
 Brincar é coisa séria!!!

Permite aos familiares participantes, vivenciar através da brincadeira, o exercício da relação com o outro e consigo. Com ela  vai se construindo a identidade e a subjetividade.


Permite aos alunos perceberem:
A harmonia presente na relação Família e Escola;


Processo relacionais: ferramenta imprescindível para a construção da identidade individual e social, assim como para a aprendizagem e o conhecimento.
 Demonstrar aos familiares a importância do brincar na construção ativa  da conduta,  de valores e do comportamento. Os encontros permitem que compreendam e valorizem a Infância e o ato de brincar.



Nesses encontros há também a oportunidade  dos familiares vivenciarem como  as descobertas e  as  estratégias  de conhecimentos são estimuladas e realizadas.


FAMÍLIA NA ESCOLA UM ENCONTRO  ENTRE AQUELES QUE QUEREM BEM
( o melhor em prol do mesmo sujeito: Aluno/ filho ) 



domingo, 14 de fevereiro de 2016

FAZENDO A DIFERENÇA PARA "UM MUNDO MELHOR" 2016.

RESSIGNIFICANDO  CRENÇAS E VALORES.
tudo começa por nós!!

 O Projeto Político Pedagógico tem como  meta: Desenvolver propostas  de trabalho  que venham contribuir  para a construção de “ Um Mundo Melhor”. 

 As ações política/pedagógica são  pautadas na filosofia de valores,  que remete à descoberta, incorporação e efetivação de valores positivos.



  Nossa função:   Orientar e chamar toda a Comunidade Escolar  à reflexão e  a coerência; assim como:



 Despertar o censo de  responsabilidade, de consciência social / coletiva,  para que possamos ter uma comunidade forte, segura , responsável por si, e comprometida com o bem  Social.




  DESAFIOS:  REMOVER  ALGUNS EQUÍVOCOS QUE  AINDA FAZEM PARTE DA NOSSA CULTURA :
* Síndrome de Gabriela,
* O jeitinho brasileiro
* Ah! Coitado!!
* Carregar a casa para o trabalho

MAS SE DE FATO ALMEJAMOS UM MUNDO MELHOR... VAMOS TER QUE BUSCÁ-  LO DENTRO DE CADA UM DE NÓS. Refletindo sobre o Meu Melhor e o Meu Pior.


Para Ilustrar: "Não se ama porque se quer fazer o bem,  ajudar, ou proteger alguém. Se  agirmos assim, estaremos vendo o próximo como simples objeto, e estaremos vendo a nós mesmos como pessoas generosas e sábias.Isto nada tem a ver com AMOR. Amar é COMUNGAR com o OUTRO, 
buscar, descobrir e potencializar nele o Seu Melhor.




Esta é uma ação política e pedagógica que requer persistência!!! É um  exercício árduo.

Quem sabe conseguimos realizar uma corrente de reflexão com ações efetiva. A MUDANÇA começa através de uma ação, muitas das vezes individual. A diferença está em NÓS.



  

ANO LETIVO DE 2016.

ESTAMOS    DE    VOLTA

Iniciamos   mais um  Ano de Trabalho. Pautado em possibilidades e desafios . 

 Equipe reunida num só esforço !
Numa só torcida!




   2016!!!

 Repleto de Compromisso, Cooperação, Responsabilidade, Respeito,  Força e muita Vontade de Fazer.






 Juntos!!! Realizamos  A Diferença

domingo, 20 de setembro de 2015

EI 52 em: Conhecendo e reconhecendo o ambiente em que vivem

                                "Educar é impregnar de sentido o que fazemos a cada instante"

                                                                                                                                                      Paulo Freire


Visando a percepção quanto ao ambiente, no qual as crianças estão inseridos diariamente, procuramos ofertar  momentos de descobertas mais detalhadas quanto ao espaço do EDI, em que passam a maior parte de seu dia. A proposta visa  explorar a unidade de maneira mais minuciosa chamando  atenção  quanto a "tudo" e todos que os cercam.

Como primeira incursão, espaço do parquinho com um novo olhar... Os mesmos tornaram-se personagens nesta aventura...




A primeira proposta era andar na grama, sentir, tocar, Mas, como alguns "bebês" apresentaram receio quanto ao gramado, foram ofertados outras possibilidades:  colchonetes para que  ficassem mais seguros e assim tentar encorajá-los à exploração do espaço.
Inicialmente ninguém queria sair de sua zona de conforto.



Ficamos observando  e registrando a tímida, porém grandiosa e cheia de significados, exploração da grama.
E quando vimos os colchonetes já estavam  vazios.












A primeira a aventurar-se foi Lívia "A destemida"...

Engatinhando, sentindo o espetar, o geladinho e a umidade deixada pelo orvalho da noite anterior na grama.



Logo atrás veio Valentina "A valente", aventurando-se e recebendo o auxílio de Karolayne, sua companheira mais experiente.





E Samuel que é um explorador nato, vendo  a coragem das nossas meninas, decidiu bem devagar explorar o novo que o esperava.




Quando vimos, todas as  crianças, desde a  mais tenra idade até os maiores que compõem a mesma turma estavam explorando as riquezas que se encontram no parquinho.














As árvores e as tampinhas que servem de enfeite logo chamaram a atenção dos mesmos.


E, logo encontraram nosso mascote Horácio, passeando pelo espaço.




Exploram com curiosidade todos os espaços, brinquedos...










Em outro momento, nossas crianças foram instigadas a observar as árvores que se encontram no espaço. Acharam as jacas que estão crescendo em nossa jaqueira e até as arvores do vizinho...

 Recolhemos folhas e confeccionamos uma árvore bem bonita em nossa sala.












Em outro momento paramos para observar e cuidar da nossa horta e fizemos uma bem caprichada com a ajuda de todos em sala.



E assim impregnamos de sentidos cada momento e valorizamos cada vivência de nossas crianças. 

                                                                                                                                      Equipe EI 52






domingo, 9 de agosto de 2015

Reunião de Responsáveis: 3ª Roda de Conversa

 Ecologia do Cuidar, tema sobre o qual girou a roda de conversa, que ocorreu em nosso Espaço de Desenvolvimento Infantil Bianca Rocha Tavares. A ação ocorreu no último sábado, dia 08/08/2015,  contou com a participação de  educadoras,   pais e  responsáveis de alunos, além de, agentes de Saúde do PSF ( Jardim Anápolis).

Iniciamos como de costume com um " Café com bolo", no refeitório escolar. Utilizamos esse mecanismo como forma de "sejam bem vindos", nesse tempo/ espaço ocorre os vários "Bom dia", "Que bom que está aqui"e descontraidamente, iniciamos o nosso bate -papo. Agradecemos a participação da Comunidade Escolar nos eventos propostos e  realizados no mês de julho:
Família na Escola;
Aniversário do EDI;
Arraiá do Bianca.
 Ratificamos que o trabalho de qualidade almejado e efetivado pelos profissionais da Instituição só é possível   devido a parceria da Comunidade. Informamos que pelo 3º ano consecutivo, a SME reconhece o trabalho desenvolvido. Nosso propósito: Ofertar o Melhor. Conversamos em tempo, sobre o ato de OFERTAR :
OFERTO O QUE TENHO, 
A QUEM OFERTO, 
QUAL A NECESSIDADE DE QUEM OFERTO.
Nesse instante mudamos de ambiente para refletirmos sobre a  conversa. Cuidar X Educar X Ofertar.

Para enriquecer a reflexão foi realizada a leitura do livro Bruxa, Bruxa Venha a minha festa, Arden Druce, com propósito iluminar sobre a necessidade de "repetir" as ações essenciais ao desenvolvimento do humano. Repetir é fundamental.

No girar da roda as questões ficaram transparentes, a ponto de vários responsáveis generosamente, OFERTAR, sua vivência a partir da Entrada em nosso Espaço Escolar.

 Acolhimento, inclusão social, confiança na proposta educativa.
Mudança familiar a partir da rotina escolar. Família leitora, valorização do tempo.
O humano está em constante processo de desenvolvimento. O Cuidar é inerente a todo  processo.

As profissionais de saúde, PSF, enriqueceram a roda de conversa pontuando a responsabilidade dos responsáveis quanto a vacinação, onde a responsável  presente fez alusão a história infantil lida, "BRUXA, BRUXA", ou seja, a necessidade de se repetir para fortalecer a ação.


O encontro transcorreu de forma leve e satisfatória.  Recebemos um belo presente da Comunidade Escolar.

" A memória é a gaveta dos guardados. Nós somos o que somos, não o que virtualmente seríamos capazes de ser. Minha bagagem são os meus sonhos."

                                                       Iberê Camargo

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

EI 52 em: Minha família na escola

A família é o primeiro ambiente de convivência daquele pequeno ser que vem ao mundo, os adultos que rodeiam esta criança são referência em seu desenvolvimento com eles deve se aprender os valores éticos e afetivos. Sendo nossas crianças matriculadas em nosso espaço escolar na mais tenra idade faz-se necessário a participação desses responsáveis nas vivências de suas crianças dentro do espaço, pois a escola complementa e oportuniza novas experiências visando o desenvolvimento físico, cognitivo e afetivo desses pequenos gigantes.

Visando a oferta desses momentos foram desenvolvidas algumas atividades como a Oficina "O colega gosta de carinho" realizada dentro de sala com responsáveis e educadoras e "O dia de quem cuida de mim" realizado na quadra da Escola Municipal Paulo Renato onde estavam presentes educadoras, crianças de toda unidade juntamente com aquela pessoa que representa seu alicerce seu porto seguro.

Seguem alguns registros de ambos momentos:

"O colega gosta de carinho"


Roda de cantigas  
Canção "O gatinho gosta de carinho" e o colega também


Brincadeira de roda
História de uma gata: Rolar como um gatinho


Andar de quatro como um gatinho
"Nós gatos já nascemos pobres..."


Miauuuu....




























E agora que já praticamos...


Andar de quatro para vencer o desafio "MINHOCÃO"



































"Dia de quem cuida de mim"

Dinâmica com balões: Vamos! Ajuda a mamãe, não deixe
o balão cair...
Papeis com os valores que estavam dentro dos
balões


Debate sobre o significado e  o que representa tais valores para o
desenvolvimento de uma criança

Registrando...
Pra você o que é respeito?
Registrando...
Pra você o que é o amor?
Registrando...
O que é compreensão?

Registrando...
O que é afeto?
Momento de companheirismo...











Registrando...
O que é carinho? 

  Momento      zumba!!!!




















Agradecemos  pela presença nas atividades propostas, a participação de todos é muito importante para o desenvolvimento de toda comunidade escolar.


                                                                                                                                   Equipe EI 52